Modalidades de licitação: Leilão

Saiba mais sobre a quarta modalidade de licitação e uma das mais conhecidas

30 de julho de 2019 09:54

Anteriormente, falamos sobre três modalidades de licitação: concorrência, tomada de preço e convite. Hoje falaremos sobre a quarta modalidade: o leilão.

O leilão é uma modalidade aberta a participação de qualquer interessado. É utilizada para a venda de produtos empenhados ou legalmente apreendidos ou de bens móveis que não têm um destino público definido, por isso é leiloado pela Administração Pública para obter renda. Pode ser usado também para a venda de bens semoventes (cavalo, boi, etc.)

Para comprar, o governo tem várias modalidades disponíveis para utilizar, mas para vender, é obrigatório o uso do leilão ou um leilão público. Ainda que os imóveis sejam apreendidos ou empenhados, a licitação deve respeitar um valor máximo de R$650.000,00, sendo que, acima desse valor, deve-se usar a concorrência.

Aos que se interessarem a participar do leilão, devem comparecer ao locar, dia e horário determinado no edital, a fim de apresentarem seus lances e ofertas, que não poderão ser inferiores ao valor inicial estipulado pelo órgão.

Por ser uma modalidade simples, o leilão pode ser isento de exigências, a não ser que o órgão solicite que o pagamento seja feito à vista, ou uma parte durante o leilão, fazendo com que a entregar do bem seja entregue no prazo estipulado. Se o pagamento não for realizado de acordo com as exigências, o arrematante poderá perder o direito ao bem e poderá sofrer penas do edital. Caso o pagamento não seja feito por inteiro, perderá o direito e o valor já pago. Todas essas informações devem estar dispostas no edital, assim como a descrição detalhada de cada bem leiloado, como quantidade e estado, para que não ocorra problemas futuros com o arrematante. Além disso, é preferível que o local do leilão seja onde os bens se encontrem.

É possível que a licitação possa ser dispensada durante a alienação de bens móveis e imóveis:

  • Bens móveis: em casos de dação* de pagamento, doação para outro órgão/entidade ou permuta por outro imóvel;
  • Bens imóveis: permuta entre órgãos/entidades, doação para interesse social e venda de ações e títulos na forma de legislação vigente.

O resumo do leilão ocorrido deve ser veiculado no órgão de imprensa social, em jornal de grande circulação e nos murais do órgão, dentro de quinze dias corridos.

 

* Definição de DAÇÃO: Modalidade de extinção de uma obrigação em que o credor pode consentir em receber coisa que não seja dinheiro, em substituição da dívida. (Dicionário Informal).

 

————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————-

Texto por Caroline Oliveira

 

Fonte: Dicionário Informal e JusBrasil

ObservatórioSão Caetano do Sul

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. O Sistema OSB é formado por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.

Rua Alegre, 470 - Sala 409 - 4º Andar - São Caetano do Sul, SP.
CEP: 09550-250
Telefone: (11) 2759-2055 / (11) 9 7344-7410
E-mail: saocaetanodosul@osbrasil.org.br